Direitos Humanos, Gênero e Sexualidade

1. Periodicidade
Oferta ENSP - Regular - Anual

2. Objetivo Geral
A temática de Direitos Humanos, Gênero e Sexualidade tão em voga nos dias atuais, com o fortalecimento de movimentos sociais e a consolidação da democracia no Brasil, o que implica em um maior diálogo entre sociedade civil e Estado e se concretiza em políticas públicas, mudanças legislativas e o próprio reconhecimento de novos direitos, urge ser rediscutida, uma vez que atravessa todos os âmbitos da vida social. Assim, objetiva-se:

a) Promover a abordagem reflexiva sobre as relações de gêneros e questões relativas às desigualdades sociais marcadas especificamente pelo viés de gênero e sexualidade, abrangendo recortes de raça e classe social, desenvolvendo competências gerais e específicas por meio da compreensão e diálogos dos conteúdos programáticos;
b) Colaborar com o processo de educação, formação e aperfeiçoamento de profissionais das mais diversas áreas de atuação que se interessam ou que lidam com questões relativas a Direitos Humanos, Gênero e Sexualidade no seu dia-a-dia profissional ou de ativismo/militância política.

3. Justificativa
No momento, no Brasil, existem apenas 04 cursos de especialização promovidos por instituições públicas com essa temática, todos eles no modelo de educação à distância. Tal fato aponta um grande vazio dentro da Academia no sentido de preparar profissionais aptos a lidar com as questões de gênero e sexualidade que demandam crescentemente mudanças sociais significativas. Portanto, esse curso apresenta dois importantes diferenciais qualitativos: primeiro, um forte compromisso com a formação de profissionais e lideranças políticas, buscando promover uma atuação no mercado de trabalho e/ou no âmbito da ação política mais competente em relação às questões que envolvem gênero e sexualidade. O segundo diferencial se dá pela articulação do curso com os movimentos sociais.

Vale ressaltar ainda que esta proposta se insere no plano de ações do Comitê Pró-Equidade de Gênero e Raça instituído na Fiocruz.

4. Concepção Pedagógica
O curso terá nas Unidades de Aprendizagem e nos Seminários Internos a explicitação teórica do conteúdo. Será utilizada como recurso facilitador de aprendizagem, a critério dos professores a exibição de filmes, com posterior discussão.

5. Sistema de Avaliação
Os alunos serão avaliados, individualmente, por intermédio das avaliações dos/as professores/as, destacando a participação em aula, apresentação e trabalhos escritos das unidades de aprendizagem e pela apresentação do trabalho final do curso.

1. Objetivo Geral
A temática de Direitos Humanos, Gênero e Sexualidade tão em voga nos dias atuais, com o fortalecimento de movimentos sociais e a consolidação da democracia no Brasil, o que implica em um maior diálogo entre sociedade civil e Estado e se concretiza em políticas públicas, mudanças legislativas e o próprio reconhecimento de novos direitos, urge ser rediscutida, uma vez que atravessa todos os âmbitos da vida social. Assim, objetiva-se: Promover a abordagem reflexiva sobre as relações de gêneros e questões relativas às desigualdades sociais marcadas especificamente pelo viés de gênero e sexualidade, abrangendo recortes de raça e classe social, desenvolvendo competências gerais e específicas por meio da compreensão e diálogos dos conteúdos programáticos; Colaborar com o processo de educação, formação e aperfeiçoamento de profissionais das mais diversas áreas de atuação que se interessam ou que lidam com questões relativas a Direito Humanos, Gênero e Sexualidade no seu dia-a-dia profissional ou de ativismo/militância política.

2. Perfil do Candidato
O curso se destina a profissionais graduados das mais diversas áreas de atuação, tais como: Ciências Sociais, Direito, Saúde, Gestão Pública, inclusive movimentos sociais, entre outras, que em suas atividades necessitem ampliar sua compreensão sobre as questões relativas a Gênero e Sexualidade.

3. Carga Horária total do Curso
O curso tem carga horária total de 480 (quatrocentas e oitenta) horas, distribuídas da seguinte forma: 380 (trezentas e oitenta) horas para participação nas Unidades de Aprendizagem e 100 (cem) horas para elaboração do TCC, após o encerramento das Unidades de Aprendizagem.

4. Peridiocidade
Oferta ENSP ? Anual

5. Inscrição
Período de 17/03 a 13/04/2021. Para verificar o Edital, como também realizar a inscrição é necessário acessar o link Inscrição em www.sigals.fiocruz.br > Inscrição > Modalidade: Presencial > Categoria: Especialização > Unidade: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca > Curso > Direitos Humanos, Gênero e Sexualidade.

6. Número de Vagas
Estão sendo ofertadas 20 (vinte) vagas, sendo 16 (dezesseis) para candidatos nacionais de ampla concorrência, 04 (quatro) para ações afirmativas.

7. Contato SECA/Ensp
Fundação Oswaldo Cruz Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca Serviço de Gestão Acadêmica - SECA Rua Leopoldo Bulhões, 1480 - Térreo 21041-210 - Manguinhos - Rio de Janeiro - RJ E-mail: pseletivo@ensp.fiocruz.br Homepage: http://www.ensino.ensp.fiocruz.br

1. Objetivo Geral
Refletir criticamente sobre o significado dos direitos humanos e suas relações com a saúde e as políticas de inclusão e acessibilidade para Pessoas com deficiência. Possibilitar aos alunos conhecer os aspectos históricos e conceituais a partir da identificação de políticas de inclusão como direito humano. Habilitar os alunos a identificar barreiras e preconceitos no processo de inclusão na sociedade, interpretando suas causas e identificando proposições para avanços na inclusão e acessibilidade de Pessoas com deficiência. Referenciadas essas discussões numa metodologia de pesquisa e ensino que tem como objeto a acessibilidade e inclusão como direito humano.

1. Objetivo Geral
A temática de Direitos Humanos, Gênero e Sexualidade tão em voga nos dias atuais, com o fortalecimento de movimentos sociais e a consolidação da democracia no Brasil, o que implica em um maior diálogo entre sociedade civil e Estado e se concretiza em políticas públicas, mudanças legislativas e o próprio reconhecimento de novos direitos, urge ser rediscutida, uma vez que atravessa todos os âmbitos da vida social. Assim, objetiva-se:

 Promover a abordagem reflexiva sobre as relações de gêneros e questões relativas às desigualdades sociais marcadas especificamente pelo viés de gênero e sexualidade, abrangendo recortes de raça e classe social, desenvolvendo competências gerais e específicas por meio da compreensão e diálogos dos conteúdos programáticos;
 Colaborar com o processo de educação, formação e aperfeiçoamento de profissionais das mais diversas áreas de atuação que se interessam ou que lidam com questões relativas a Direito Humanos, Gênero e Sexualidade no seu dia-a-dia profissional ou de ativismo/militância política.

2. Perfil do Candidato
O curso se destina a profissionais graduados das mais diversas áreas de atuação, tais como: Ciências Sociais, Direito, Saúde, Gestão Pública, inclusive movimentos sociais, entre outras, que em suas atividades necessitem ampliar sua compreensão sobre as questões relativas a Gênero e Sexualidade.

3. Carga Horária total do Curso
O curso tem carga horária total de 480 (quatrocentas e oitenta) horas, distribuídas da seguinte forma: 380 (trezentas e oitenta) horas para participação nas Unidades de Aprendizagem e 100 (cem) horas para elaboração do TCC, após o encerramento das Unidades de Aprendizagem.

4. Periodicidade
Oferta ENSP - Anual

5. Inscrição
As inscrição foram prorrogadas até 23/12/2019

Período de 31/10 a 16/12/2019.

Para verificar o Edital, como também preencher o formulário eletrônico de inscrição é necessário acessar o link Inscrição em www.sigals.fiocruz.br > Inscrição > Modalidade: Presencial > Categoria: Especialização > Unidade: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca > Curso > Direitos Humanos, Gênero e Sexualidade.

6. Número de Vagas
Estão sendo ofertadas 20 (vinte) vagas, sendo 17 (dezessete) para candidatos nacionais de ampla concorrência, 02 (duas) para ações afirmativas e 01 (uma) para candidato estrangeiro.

7. Contato SECA/ENSP
Fundação Oswaldo Cruz
Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca
Serviço de Gestão Acadêmica - SECA
Rua Leopoldo Bulhões, 1480 - Térreo
21041-210 - Manguinhos - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2598-2318
E-mail: pseletivo@ensp.fiocruz.br
Horário de atendimento ao público: 8h30min às 16h30min
Homepage: http://www.ensp.fiocruz.br

3. Caraga Horária total do Curso
O curso tem carga horária total de 480 (quatrocentas e oitenta) horas, distribuídas da seguinte forma: 380 (trezentas e oitenta) horas para participação nas Unidades de Aprendizagem e 100 (cem) horas para elaboração do TCC, após o encerramento das Unidades de Aprendizagem.

3. Carga Horária total do Curso
O curso tem carga horária total de 480 (quatrocentas e oitenta) horas, distribuídas da seguinte forma: 380 (trezentas e oitenta) horas para participação nas Unidades de Aprendizagem e 100 (cem) horas para elaboração do TCC, após o encerramento das Unidades de Aprendizagem.