Direitos Humanos, Acessibilidade e Inclusão

1. Periodicidade
Oferta ENSP - Regular - Anual

2. Objetivo Geral
a) Refletir criticamente sobre o significado dos direitos humanos e suas relações com a saúde e as políticas de inclusão e acessibilidade para Pessoas com deficiência.
b) Possibilitar aos alunos conhecer os aspectos históricos e conceituais a partir da identificação de políticas de inclusão como direito humano;
c) Habilitar os alunos a identificar barreiras e preconceitos no processo de inclusão na sociedade, interpretando suas causas e identificando proposições para avanços na inclusão e acessibilidade de Pessoas com deficiência;
d) Referenciadas essas discussões numa metodologia de pesquisa e ensino que tem como objeto a acessibilidade e inclusão como direito humano.

3. Justificativa
Este curso tem como público alvo pessoas com deficiência ou que trabalham com pessoas com deficiência. A formação se dará com a abordagem dos direitos humanos aplicadas ao SUS e outras políticas públicas relacionadas a acessibilidade e inclusão: tecnologia, educação inclusiva, trabalho e empregabilidade, cultura, comunicação e informação. Serão também discutidas as deficiências sensoriais, cognitivas e físicas, os espaços na cidade, movimentos sociais, sexualidade e gênero, ética e alteridade, referebciadas numa metodologia de pesquisa e ensino que tem como objeto a acessibilidade e inclusão como direito humano.
Participam dessa formação professores de diversas unidades da FIOCRUZ: ENSP, ICICT, EPSJV, COC, COGIC, COGEP/NUSTH e da parceria externa como IBGE.

4. Concepção Pedagógica
O curso terá em suas unidades de aprendizagem a explicitação teórica do conteúdo. Serão realizadas apresentação de filmes, oficinas iterativas, de acordo com critérios dos professores. Serão debatidas as convenções internacionais, fundamentos filosóficos e antropológicos, o SUS, a educação, o trabalho, as tecnologias, a ética, a cultura, as políticas públicas, os movimentos sociais e a sociedade, sempre com o foco nas Pessoas com deficiência a partir de uma discussão de metodologia de pesquisa e ensino que tem como objeto a acessibilidade e inclusão como direito humano.

5. Sistema de Avaliação
Todos os professores farão uma avaliação dos alunos e os alunos preencherão uma ficha de avaliação em relação as aulas ministradas. Por tratar-se de um curso novo, todas as aulas serão assistidas por pessoas que coordenam o curso. Lacunas que forem identificadas pelos alunos ou pela coordenação, serão preenchidas com aulas de convidados no horário de 08h às 12h nas quartas-feiras. De acordo com cada professor, a avaliação de discentes poderá ser por participação nas aulas, trabalhos entregues, prova de conhecimentos, além de frequência e trabalho de conclusão de curso.

1. Objetivo Geral
Refletir criticamente sobre o significado dos direitos humanos e suas relações com a saúde e as políticas de inclusão e acessibilidade para Pessoas com deficiência. Possibilitar aos alunos conhecer os aspectos históricos e conceituais a partir da identificação de políticas de inclusão como direito humano. Habilitar os alunos a identificar barreiras e preconceitos no processo de inclusão na sociedade, interpretando suas causas e identificando proposições para avanços na inclusão e acessibilidade de Pessoas com deficiência. Referenciadas essas discussões numa metodologia de pesquisa e ensino que tem como objeto a acessibilidade e inclusão como direito humano.

2. Perfil do Candidato
O curso se destina a profissionais graduados, com deficiência e/ou que trabalham com pessoas com deficiência.

3. Carga Horária total do Curso
O curso tem carga horária total de 500 (quinhentas) horas, distribuídas da seguinte forma: 400 (quatrocentas) horas para participação nas Unidades de Aprendizagem e 100 (cem) horas para elaboração do TCC, após o encerramento das Unidades de Aprendizagem.

4. Periodicidade
Oferta ENSP ? Anual

5. Inscrição
Período de 17/03 a 13/04/2021.

6. Número de vagas
Estão sendo ofertadas 20 (vinte) vagas, sendo 16 (dezesseis) para candidatos nacionais de ampla concorrência, 04 (quatro) para ações afirmativas.

7. Contato SECA/Ensp
Fundação Oswaldo Cruz Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca Serviço de Gestão Acadêmica - SECA Rua Leopoldo Bulhões, 1480 - Térreo 21041-210 - Manguinhos - Rio de Janeiro - RJ E-mail: pseletivo@ensp.fiocruz.br

7. Contato SECA/ENSP
Fundação Oswaldo Cruz
Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca
Serviço de Gestão Acadêmica - SECA
Rua Leopoldo Bulhões, 1480 - Térreo
21041-210 - Manguinhos - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2598-2318
E-mail: pseletivo@ensp.fiocruz.br
Horário de atendimento ao público: 8h30min às 16h30min
Homepage: http://www.ensp.fiocruz.br

6. Número de Vagas
Oferta ENSP - Regular - Anual

5. Inscrição
As inscrição foram prorrogadas até 03/01/2020

Período de 30/10 a 18/12/2019.

Para verificar o Edital, como também preencher o formulário eletrônico de inscrição é necessário acessar o link Inscrição em www.sigals.fiocruz.br > Inscrição > Modalidade: Presencial > Categoria: Especialização > Unidade: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca > Curso > Direitos Humanos, Acessibilidade e Inclusão.

4. Periodicidade
Oferta ENSP - Regular - Anual

3. Carga Horária total do Curso
O curso tem carga horária total de 480 (quatrocentas e oitenta) horas, distribuídas da seguinte forma: 380 (trezentas e oitenta) horas para participação nas Unidades de Aprendizagem e 100 (cem) horas para elaboração do TCC, após o encerramento das Unidades de Aprendizagem.

2. Perfil do Candidato
O curso se destina a profissionais graduados, com deficiência e/ou que trabalham com pessoas com deficiência.

1. Objetivo Geral
Refletir criticamente sobre o significado dos direitos humanos e suas relações com a saúde e as políticas de inclusão e acessibilidade para Pessoas com deficiência.
 Possibilitar aos alunos conhecer os aspectos históricos e conceituais a partir da identificação de políticas de inclusão como direito humano.
 Habilitar os alunos a identificar barreiras e preconceitos no processo de inclusão na sociedade, interpretando suas causas e identificando proposições para avanços na inclusão e acessibilidade de Pessoas com deficiência.
 Referenciadas essas discussões numa metodologia de pesquisa e ensino que tem como objeto a acessibilidade e inclusão como direito humano.